Espaço destinado à divulgação de informações sobre concursos na área de zoologia. Para acessar detalhes clique nos links abaixo. Envio de contribuições para divulgação podem ser encaminhadas continuamente para o endereço secretaria@sbzoologia.org.br.

  • DATA

    30

    ABR

    Chamada para revisão sistemática da literatura usando dados mediados por GBIF relacionados à saúde h

    Chamada para revisão sistemática da literatura usando dados mediados por GBIF relacionados à saúde humana

     

    A descoberta, o acesso e o uso apropriado de dados primários de biodiversidade são essenciais para a pesquisa em saúde humana, doenças zoonóticas e transmitidas por vetores. Como parte de uma estratégia global mais ampla para melhorar a integridade, relevância e adequação para uso de dados de biodiversidade, o GBIF reuniu um grupo de trabalho sobre mobilização e uso de dados de biodiversidade para pesquisa e políticas sobre doenças humanas. Para apoiar o trabalho deste grupo de trabalho, o Secretariado do GBIF busca candidatos para realizar uma revisão sistemática da literatura científica usando dados mediados pelo GBIF relacionados à saúde humana. 

     

    https://bit.ly/3mSfZjP

     

    As inscrições devem ser enviadas para info@gbif.org e incluir um resumo da abordagem proposta, incluindo um esboço potencial para o relatório, um currículo completo com publicações e outros exemplos que demonstrem atividades relevantes para a revisão nos últimos cinco anos.

     

    Prazo de inscrição: 30 de abril de 2021

    Início previsto do contrato: 1 - 31 de maio de 2021

    Duração do contrato: 4 meses

     

    Consulte a chamada completa para obter detalhes sobre o histórico da revisão, remuneração, duração e especificações da aplicação.

    https://bit.ly/3mSdpds

     

    E aqui para as mídias sociais:

    https://www.facebook.com/gbifnews/posts/3814328125269376

    https://www.linkedin.com/feed/update/urn:li:activity:6786187182534135808

     

  • DATA

    10

    JUN

    41° Prêmio José Reis de Divulgação Científica e Tecnológica

    Estão abertas até 10/jun/2021 as inscrições para o 41° Prêmio José Reis de Divulgação Científica e Tecnológica.

    O Prêmio, instituído em 1978, tem como objetivo revelar e reconhecer grandes nomes que contribuem significativamente para a formação de uma cultura científica e por tornar a Ciência, a Tecnologia e a Inovação conhecidas da sociedade.

    Nesta edição, a categoria contemplada é "Instituição e Veículo de Comunicação", que premiará a instituição brasileira (de ensino e/ou pesquisa, centros e museus de ciência e tecnologia, órgãos governamentais, culturais, organizações não governamentais e empresas públicas ou privadas) ou veículo de comunicação coletiva com sede estabelecida no Brasil que tenha tornado acessível, ao público, conhecimento sobre Ciência, Tecnologia, Inovação e seus avanços.

    A premiação consiste em Troféu e diploma para a instituição ou veículo de comunicação agraciado, além de passagem aérea e hospedagem para permitir que o dirigente ou representante da instituição/veiculo de comunicação agraciada, participe da cerimônia de entrega do Prêmio, no Mês Nacional da Ciência, Tecnologia e Inovação (MNCTI), em outubro de 2021.

    No endereço http://www.premiojosereis.cnpq.br/web/pjr encontram-se todas as informações sobre o Prêmio, inclusive o regulamento, ficha de inscrição e histórico.

    Para outras informações ou dúvidas, entre em contato pelo e-mail pjr@cnpq.br.

    Contamos com sua participação!

     

    Serviço de Prêmios

    Diretoria de Cooperação Institucional

     

     
     
  • DATA

    08

    MAR

    Esquenta ZOO - evento online pré XXXIV CBZ

     

    A atual situação da pandemia levou a coordenação do XXXIV Congresso Brasileiro de Zoologia, que seria presencial, a mudar sua data de março para setembro de 2002. Com essa mudança, espera-se fornecer maior segurança aos participantes de todas as idades. Entretanto, para iniciar, aquecer e manter a discussão do tema do congresso presencial, está sendo organizado o evento virtual "Esquenta ZOO", nos dias 08 e 09 de março de 2022.

    Durante dois dias serão discutidos assuntos ao tema do XXXIV CBZ - "Zoologia em tempo de mudanças: sobrevivendo à tempestade perfeita".

    Abaixo respondemos algumas dúvidas sobre o "Esquenta"

    O “Esquenta Zoo” substitui o XXXIV CBZ?

    Não. O XXXIV CBZ será presencial, entre os meses de setembro e outubro de 2022 (em breve confirmaremos a data). O “Esquenta Zoo” é uma forma segura de nos encontrarmos e matar as saudades enquanto o congresso não chega.

    O “Esquenta Zoo” será 100% virtual?

    Sim. Para garantir a segurança de todos, desde os participantes, palestrantes e equipe técnica envolvida, o “Esquenta” será 100% virtual.

    Preciso pagar para participar do “Esquenta”?

    Para viabilizar a estrutura técnica necessária haverá uma taxa de R$ 50,00 para a participação. Mas veja, 90% desse valor se reverterá em bônus para sua participação no congresso presencial. Bacana, né?  Participando do “Esquenta” você terá 90% do valor descontado na sua inscrição para o congresso.

    Receberei certificado de participação?

    Sim. Após o evento, os participantes receberão certificado de participação.

    Já posso me inscrever?

    Em breve as inscrições serão liberadas aqui no site do XXXIV CBZ. Fique atent@!

    Onde posso acessar a programação?

    A comissão científica está trabalhando em uma programação muito especial. Logo, logo ela estará no site e em nossas mídias sociais.

    Não sou biólogo, posso me participar?

    Sim. Como o evento será virtual, não teremos limite de inscritos e tod@s serão bem-vind@s!

    Vem pro ESQUENTA ZOO!


    TEMA: Zoologia em tempo de mudanças: sobrevivendo à tempestade perfeita

    DATA: Segundo semestre de 2022

    LOCAL: Centro de Convenções da FIEP, Curitiba, PR

    MAIS INFORMAÇÕES: acesse o site do evento - https://www.cbzoo.com.br

    Siga-nos nas redes sociais:

    https://www.facebook.com/CBZoo2022

    https://www.instagram.com/cbzoo2022

    https://twitter.com/cbzoo2020

    Zoologia em tempo de mudanças: sobrevivendo à tempestade perfeita

    Durante os últimos 10.000 anos o nosso planeta passou por um período de relativa estabilidade climática e geológica. Por volta de 7.500 anos surgem as primeiras cidades, as quais refletiram nossos avanços tecnológicos e sociais. Desde então o Homo sapiens se desenvolveu de forma exponencial e a sociedade, educação, cultura e tecnologia se tornaram cada vez mais complexas e interligadas. A população humana vem crescendo vertiginosamente graças a esses avanços, tornando o inesperado, possível – o planeta hoje alberga cerca de 8 bilhões de pessoas vivendo em condições profundamente diferentes. A pressão e as ações da população humana geraram mudanças e cenários ambientais globais que não refletem aqueles observados nos últimos 10.000 anos.

    Ciência e tecnologia nos trouxeram até esse momento, numa corrida vertiginosa que produziu esse mundo no qual vivemos e que, graças às nossas ações, encontra-se em risco. Paradoxalmente, o que nos permitiu chegar aqui é também responsável por mudanças no Planeta que colocam em risco exatamente o que somos: uma humanidade tecnológica.

    Esse é o momento de confrontarmos racionalmente o futuro e de planejar como vamos lidar com essas mudanças. As alterações climáticas, as mudanças da distribuição das espécies e das comunidades locais, a emergência de novas enfermidades em espécies silvestres e cultivadas, as enfermidades infecciosas emergentes em humanos, a destruição da hábitats, as extinções crescentes de espécies, a sobre-exploração de recursos naturais (ex. pesca, recursos minerais), o aumento na frequência de acidentes ambientais, a pressão agrícola, a poluição, espécies invasoras, dentre tantos outros, mudaram e continuarão a mudar o mundo e terão profundos impactos na nossa qualidade de vida e sobrevivência. Somado a isso, quando é tão necessária, a ciência vem sendo difamada e questionada por governantes e por uma parte da sociedade– teorias absurdas e pseudocientíficas são propostas para substituir o conhecimento testado e estabelecido ao longo de séculos de desenvolvimento científico e tecnológico. Os investimentos em pesquisa científica vêm sendo sistematicamente limitados, em especial em nosso país. Os argumentos utilizados são, normalmente, associados com a impossibilidade do gasto com a área, o que revela uma percepção completamente errônea do papel das ciências nas políticas públicas. Além de, certamente, demonstrar interesses políticos, modismos e achismos do momento.

    Observa-se uma enorme pressão em direcionar a pesquisa e o ensino para áreas aplicadas e/ou consideradas como mais populares. Mas ciência não se faz apenas assim e a história sobre nosso desenvolvimento científico e tecnológico deixa isso bem claro.

    As diferenças sociais entre os povos desse planeta se acentuam, e a falta de recursos naturais para prover a sobrevivência de populações em diversas partes do mundo leva às migrações em busca de condições melhores de vida. Guerras, preconceito, pobreza, fome e sede são algumas das consequências de nossos próprios atos sobre a natureza desse planeta.

    A pesquisa em Zoologia no Brasil é uma das mais vibrantes e respeitadas em todo o mundo, consequência da dedicação e da capacidade de nossos pesquisadores e da nossa megabiodiversidade. Nesses tempos de mudanças precisamos discutir e planejar nossas pesquisas e ações de maneira a nos permitir enfrentar a tempestade perfeita que se forma no horizonte, resultante das consequências sinergéticas de todas as pressões que impusemos no Planeta.

    Nesse cenário, em 2022, em Curitiba, durante o XXXIV Congresso Brasileiro de Zoologia, vamos analisar, interpretar e planejar o enfrentamento desses problemas no nosso futuro imediato e futuro. Não é o momento de negar, ignorar os problemas. Soluções baseadas na ciência tornam-se fundamentais, mas, paradoxalmente, ela vem sendo menos valorizada pelos governantes mundiais e mesmo por parte da população. Entender a origem dos problemas e racionalmente propor soluções é algo que só será possível quando enfrentarmos de forma frontal e objetiva os problemas que nós mesmos criamos, como sociedade. Antigamente pensávamos em deixar um mundo melhor para as próximas gerações. Agora sabemos que é momento de pensarmos as soluções que vão garantir que efetivamente deixaremos um mundo minimamente habitável, idealmente melhor do que o atual, para a nossa geração.

    Se você é como nós e considera a ciência fundamental para a busca de soluções para o Planeta e para a nossa sociedade, planejem nos encontrar em Curitiba, entre 7 e 10 de março de 2022. O XXXIV Congresso Brasileiro de Zoologia irá promover uma imersão na Zoologia nacional, além de discutir e planejar o nosso futuro, contribuindo para a proposta de soluções e definição dos caminhos para seguirmos na travessia dos tempos que se apresentam.

     

    Comissão Organizadora XXXIV CBZOO